070810_et1gz_cultura_ Monique na TV Globo 2010.wmv

Loading...

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Gibi na Sala de Aula

Observou-se que os alunos da 1ª série estavam desinteressados na aprendizagem de leitura. O desânimo com o ato de ler era visível em cada um. Não tinham prazer e motivação pois estavam mecanizados pelo processo de leituras distantes do imaginário infantil.
Diante dessa constatação e considerando a grande importância que a leitura representa para o aluno, especialmente a leitura de histórias em quadrinhos, elaborou-se o Projeto “Gibi na Sala de Aula”.
Assim, com o intuito de unir a aprendizagem e o lúdico das histórias em quadrinhos e, desse modo, motivar os discentes a ler constantemente textos inseridos em seu universo, constitui-se interessante e ao mesmo tempo fundamental o desenvolvimento desse projeto.


Objetivo Geral:

Despertar o gosto pela leitura, pelo desempenho e pela oralidade dos alunos da 1ª série.



Objetivos específicos:

• Garantir a aprendizagem dos alunos.
• Favorecer a leitura e a oralidade dos alunos.
• Realizar associações de elementos gráficos, como balões, expressões faciais e fala dos personagens a fim de facilitar a compreensão da história.
• Fornecer o maior número de informações possíveis à criança sobre um texto em quadrinhos.
• Colaborar com a expressão oral do aluno.





Resultados esperados:

Alunos com:
• Maior motivação nos estudos,
• Vontade de ler e escrever e
• Curiosidade na aprendizagem.

Sem dúvida sua abordagem lúdica visualmente e verbalmente transformou o olhar dos alunos sobre a leitura e também sobre a escrita.


Desenvolvimento:

Iniciou-se o Projeto “Gibi na Sala de Aula” com a apresentação à turma de alguns gibis. O interesse foi tanto que os alunos disputavam para ver quem seria o primeiro a terminar a tarefa para ler as revistinhas que estavam posicionadas na lousa, de forma a atrair o olhar e a curiosidade dos alunos com suas capas coloridas, seus títulos convidativos, os alunos espontaneamente escolhiam seus exemplares e mergulhavam nas histórias, mesmo ainda com certa dificuldade na leitura. A exposição das revistas aguçava neles o desejo de leitura. Assim, com esse despertar, pediu-se para que as crianças trouxessem gibis para as aulas, mas com a dificuldade econômica da comunidade não foram possíveis grandes avanços. No entanto, providenciou-se, por meio de compras em sebos e doações, uma quantidade suficiente para atender aos alunos.
Diante de uma boa quantidade de gibis foi possível desenvolver plenamente o trabalho com todos lendo o seu gibi, compartilhando com os colegas e até levando para casa ampliando, assim, o círculo de leitura.


Avaliação:


A avaliação será feita durante a execução do projeto pelos professores do projeto e a equipe pedagógica da escola. Nas atividades em sala de aula, os professores do projeto vão planejar os momentos de avaliação com os alunos, podendo lançar mão de diversas estratégias avaliadoras: presença e registros das etapas vividas e participação dos alunos nas atividades. Ao final de cada ação ou etapa cumprida, os professores realizarão com os alunos uma recontextualização dos momentos vividos pelo grupo, reconstrução de Gibis com histórias inéditas e a construção de uma Gibiteca pelos alunos na Escola, incluindo todas as histórias construídas, lidas e contadas. E ao final do projeto a escola fará um relatório avaliativo das aprendizagens, dificuldades vencidas, os avanços, conquistas e resultados alcançados pelos alunos participantes do projeto. Durante todo o momento o projeto será avaliado, vivenciado e contemplado por todos, a fim de que possamos acrescentar sempre novidades e ressaltar as maravilhas da diversidade e das realizações de cada um. A avaliação será diagnóstica e formativa, para acrescentar e desenvolver aptidões e habilidades concretas em nosso aluno.

Um comentário:

  1. BOM PROJETO. INTELIGENTE E EFICAZ. POSSO TAMBÉM APROVEITÁ-LO PARA OUTRAS SÉRIES, TENDO EM VISTA O DESINTERESSE GERAL DOS ALUNOS PELA LEITURA.; UMA FORMA DE GOSTAR DE LER DIVERTINDO-SE. OBRIGADA

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita, parceria e contato. Educação também é isso interagir e fazer parte. Volte sempre. Grande abraço! Monique Beltrão.